Caminhos de Caravaggio – Experiência de uma Peregrinação pelo Sul do Brasil

Santuário de N. Sra. de Caravaggio em Farroupilha

O percurso do Caminhos de Caravaggio é ligado do Santuário de Caravaggio de Canela ao de Farroupilha no Rio Grande do Sul, passando por zonas rurais e urbanas de cinco cidades – Canela, Gramado, Nova Petrópolis, Caxias do Sul e Farroupilha com a média percorrida de 200km. O caminho é lindíssimo por ser cheio de frutas pelo caminho e a maravilhosa Serra Gaúcha. Porém é bastante desafiador com a quantidade de subida e descida, tendo altitude significativa, exigindo bastante esforço físico.

É possível fazer o caminho de dois sentidos, sendo o que eu fiz que sai de Canela e segue a seta amarela E no sentido contrário (de Farroupilha para Canela), você seguirá a seta azul . Por ter dois sentidos, foi batizado o caminho de Caminhos de Caravaggio que é semelhante ao de Santiago de Compostela.


COMO CHEGAR A CANELA

Ônibus: Do aeroporto de Porto Alegre você pode seguir com a empresa Citral faz este trajeto. Veja no site horário e custo da passagem. As passagens tem o custo médio de R$ 68,00 o trajeto.

Translado: Foi a opção que escolhi por ter tido mudanças no voo e foi a melhor forma em custo/benefício. Tem várias empresas, porém fechei com a Transfer Infinity Turismo (+555484041238) que custou R$ 138,00 do aeroporto em Porto Alegre até o hotel em Canela.


QUANTOS DIAS PARA FAZER O “CAMINHOS DE CARAVAGGIO”?

O caminho é divido por 10 trechos no guia peregrino, sendo um trecho por dia. Eu fiz em 9 dias, juntando somente o trecho 4 e 5, que foram bem intensos, que se você for uma pessoa sem preparo físico não aconselharia emendar esses dois trechos devido a altitude. A quantidade de dias vai depender de cada pessoa, preparo físico e objetivo. O meu maior objetivo era aproveitar cada trecho, poder conhecer, parar, observar a serra, a natureza, portanto eu preferi fazer de forma mais tranquila, como já vi pessoas fazendo em 5 dias. Aconselho em fazer no mínimo 7 dias para não ser tão puxado e não deixar de aproveitar. Cada parada é uma história diferente que você conhece.


ONDE RETIRAR O PASSAPORTE DO “CAMINHOS DE CARAVAGGIO”?

Você encontra o passaporte no Centro de Turista de Canela ou na loja da Catedral de Pedra em Canela quem for fazer o caminho sentido Canela – Farroupilha. Se for fazer o caminho ao contrario sentido seta azul, é possível encontrar o passaporte no Hotel Bem TI Vi próximo ao Santuário de Caravaggio. É possível baixar o guia online através do link ou junto com o passaporte.


O QUE LEVAR NA MOCHILA?

O mínimo necessário, pois você vai ter que levar a mochila de um local para o outro. Algumas pessoas despacham a mochila de um trecho para o outro.

  • Bota e/ou tênis
  • Papete
  • 3 blusas
  • 3 calças/bermudas
  • 3/4 calcinha/cuecas
  • 3 sutiã
  • 4 pares de meia
  • Toalha microfibra
  • Protetor solar
  • Óculos de sol
  • Boné/chapéu
  • Fleece
  • Anorak / corta vento impermeável
  • Capa pra mochila
  • Calça impermeável
  • Vaselina
  • Talco
  • Bastão
  • Gorro
  • Luva
  • Canivete
  • Sleep bag

INFRAESTRUTURA, HOSPEDAGENS E REFEIÇÕES NO “CAMINHOS DE CARAVAGGIO”

Durante o percurso não tem muita estrutura para descanso como bancos, terá apenas o chão para sentar e descansar. Alguns trechos será possível encontrar lugares para repor água, mas somente nos trechos 1, 2, 3, 6 e no início do trecho 9 no trevo que divide o 8 e 9. Mas mesmo nesses trechos não saia com garantia 100% e com pouca água. Nos outros trechos você vai caminhar entre 15/20/26km sem encontrar nada pelo caminho, não terá sinal de celular também.

Refeições para o dia são disponibilizados no café da manhã nas pousadas pelo caminho. Se você for uma pessoa que sente mais fome, leve mais alguma barra de proteína, castanhas ou algo. Caminhei durante o outono e foi possível encontrar por todo o caminho muitas plantações de laranja, mexerica (bergamota) de todas as variedades, alguns pés de figo, maçã e caqui. Dependendo da época é possível encontrar muita uva e pêssego.

HOSPEDAGENS: Todas as hospedagens tiveram estrutura com toalha, café da manhã e algumas com jantar preparado pelos proprietários ou local para entrega.

Aconselho não emendar o trecho 8 e 9 e fazer a pausa na Casa Canjerana que é magnifica, com uma enorme história, vista da serra com uma casa centenária como museu. No trecho 7 na Famiglia Pezzi é outro trecho que não deve pular e qualquer ajuda, dúvida pode tirar com a Daiane da Família Pezzi que é super atenciosa.


FAZER O CAMINHO SOZINHA OU ACOMPANHADA?

Acredito que essa resposta seja individual dependendo até mesmo do momento e objetivo ao realizar o caminho. Eu fiz o caminho sozinha, não tive nenhum receio em se perder ou de ocorrer algo. Já conhecia uma parte da região, me sentia segura para realizar. Porém, tive muitos problemas com cachorros soltos e nervosos que saiam correndo para atacar, então isso é algo a se pensar ao decidir se prefere ir sozinha ou não.

Outro detalhe, eu não aconselho fazer o trecho 3 que é na Vila Oliva, saindo da Pousada Colina de Pedra até Vila Oliva muito tarde, é uma região que deve tomar um pouco mais de cuidado e atenção. Região com quantidade a mais de homens encarando e mexendo.


CUIDANDO DOS PÉS…

A parte mais importante na peregrinação no meu ponto de vista é o cuidado com os pés, algumas pessoas perdem a unha ou precisam encerrar a peregrinação devido as bolhas.

Primeira dica para as unhas, durante a descida mantenha a bota mais apertada e na subida deixa a bota mais frouxa. Assim evita de bater a ponta dos dedos na bota.

Outra parte importante é evitar de deixar os pés úmidos, sempre seco e de preferencia troque a meia durante o dia e evite de tomar banho de manhã.

Agora para evitar as bolhas, a dica é passar fita micropore nos dedos, usar uma meia fina, passar talco para manter seco e usar outra meia grossa ou dupla camada.


QUANTO SE GASTA PARA FAZER O “CAMINHOS DE CARAVAGGIO”?

Na maioria das hospedagem é possível levar um lanche para ser o almoço durante o caminho, em alguns lugares cobram um valor extra e outros lugares que coloquei “levei lanche” significa que peguei um sanduiche do café da manhã do hotel mais uma fruta sem valor adicional. Detalhe que alguns trechos é por zona urbana e fiz lanches extras que não anotei nos gastos, como os gastos no aeroporto.

Passagem aérea custou R$ 377,00 (ida e volta) saindo de Goiânia até Porto Alegre.

Trecho 0Canela – Bello OutonoR$ 130,00 (com café)
Trecho 1Gramado – Pousada Aardvark InnR$ 152,00 (com café) (levei lanche)
Trecho 2Hotel Colina de PedraR$ 166,00 (com café) + R$ 5,00 (lanche almoço)
Trecho 3Hospedaria Donna SolangeR$ 120,00 (com café + jantar + lanche p/almoço)
Trecho 4+5Hospedaria Bom PastorR$ 70,00 (com café) + R$ 28,00 (jantar) (levei lanche)
Trecho 6Pousada ChácaraR$ 100,00 (com café) + R$ 20,00 (jantar) (levei lanche)
Trecho 7Família PezziR$ 129,00 (com café + jantar) (levei lanche)
Trecho 8Casa CanjeranaR$ 130,00 (com café + jantar) (levei lanche)
Trecho 9Vinícula Casa ColomboR$ 120,00 (com café) + R$ 38,00 (jantar) levei lanche
TotalR$ 1.208,00

MOTIVOS OU O QUE O CAMINHO É PARA MIM…

Todo mundo quando decide fazer uma peregrinação deve fazer uma analise do por que fazer, o que busca no caminho. O Caminhos de Caravaggio pra mim foi totalmente para autoconhecimento por estar fazendo sozinha, viver cada desafio de estar sozinha na natureza e agradecer pelas coisas boas que vivemos. A serra tem uma energia diferenciada que vale a pena cada momento, dificuldade que passamos no caminho.


ALGUMAS FOTOS


Gostou das dicas? Aproveite para compartilhar e divulgar com os amigos. Se tiver dúvidas é só mandar e-mail ou seguir nas redes sociais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: